9.9.05

Glória de Sant'Anna


Epitáfio


Eu um dia serei uma poalha de vento
pousando inadvertidamente em tua face

e me sacudirás

Eu um dia serei uma réstea de chuva
caída por acaso em tua fronte

e me sacudirás

E eu um dia serei a última lembrança
imponderável já na tua mente

e então me esquecerás


Comentários:2

Anonymous Lela said...

a última lembrança imponderável...
ser esquecido pelo objeto e sujeito do afeto...
ser página virada numa história sem epílogo...
um prazer conhecer Glória de Sant'Anna e seu epitáfio.

12:45 AM  
Anonymous Meméia said...

Márcia,
é uma pena q vc tenha saído da lista do 'beco'.
com certeza, precisarei visitar SEMPRE os seus blogs pra respirar um pouco a beleza da sua poesia.

abs

Meméia

10:21 PM  

Postar um comentário

<< Home