16.7.05

Flávio Machado


Mapa Astral


para Márcia Maia


Não conheço meu ascendente
nem sei em que casa o Sol estava quando nasci
apenas aprendi a sentir seu cheiro nas manhãs
no calor dos sorrisos
nos abismos que não investigamos

Agora lembro de uma canção
mas não sei o meu ascendente
ou em que Lua estamos
apenas pretendo descobrir uns atalhos
uns caminhos de luz
para te acompanhar em qualquer jornada
em qualquer constelação
mas sou um astro vagabundo que a cigana inventou
um astro vagabundo que anuncia o fim do mundo

Não conheço meu ascendente
mas te procuro
e te encontro
ainda que distraída não percebas
a trajetória de meus cometas
em teu céu.


leia mais Flávio aqui.


Comentários:6

Blogger Amélia said...

Parabéns pelo alfabeto amiga.Continuarei a passar porc
a.Beijo

6:30 PM  
Anonymous zezinho said...

Parabéns amiga Márcia.
Esperemos que o "alfabeto" comemore outro ano.
É sempre um privilégio passar pelos teus es+aços, Márcia.
O meu beijo

7:54 PM  
Blogger Afrodite said...

Parabéns, Márcia.
Sublime, o adjectivo próprio ao que escreves.

2:39 AM  
Anonymous titas said...

Que bonito este teu espaço!
Parabéns.
//(~_~)\\ um beijo da Titas

2:41 AM  
Blogger ChL said...

Parabéns querida Marcia.

9:24 AM  
Anonymous Lela said...

Poxa, belíssimo o poema! E vc foi a indutora disso tudo, hein? Lindo mesmo! Márcia, queridissíssima Poetisa (só pra não perder o hábito! rs...), parabéns pelo aniversário do Alfabeto. Ainda bem que o alfabeto é grande e quando terminado pode ser repetido! Isto significa muitos e muitos anos de poesia escolhida pelo seu bom gosto e conhecimento! Meu carinho e minha admiração por você! Bjus no coração!

10:42 AM  

Postar um comentário

<< Home