17.11.08

Theo Alves


Uma Palavra/ Pedra

despida
entre aspas
a bruteza
de sua anatomia
me comove

crua
e pétrea
sua musculatura
e espinha
me enternecem

grossa
tessitura de pele
densa
pluma metálica
me toca

seu/ meu
o corpo rígido
o ventre mineral
da palavra
pedra


Comentários:1

Blogger Adriana said...

Que bela descrição!
http://anndixson.blogspot.com/

11:04 AM  

Postar um comentário

<< Home